Portes Grátis para compras superiores a 20€. Válido para Portugal Continental.

 ENC > 20€ = PORTES GRÁTIS

X
Este website usa cookies de acordo com a política em vigor. Ao continuar a navegação está a aceitar a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa política de cookies.

Pack 3 Menocare

  • Portes Grátis para Portugal Continental
    free shipping
Calêndula

Menopausa e seus sintomas

O Menocare ajuda a aliviar os sintomas da menopausa, a prevenir problemas cardiovasculares e pode ser alternativa à terapia hormonal de substituição clássica.

41,50

Descrição

Menocare da Calendula é um suplemento nutricional indicado para:
- Menopausa;
- Afrontamentos;
- Suores nocturnos;
- Depressão;
- Osteoporose;
- Secura vaginal.

Acção:
- Alívio dos sintomas associados ao quadro menopáusico;
- Prevenção cardio-vascular e osteoporose;
- T.H.S.

O que é a menopausa?

O termo menopausa refere-se, na realidade, à última menstruação. Esta fase da vida corresponde à altura em que os ovários gradualmente vão parando de trabalhar e o organismo se vai habituando a níveis hormonais mais baixos. A este período da vida chama-se climatério. As alterações não são repentinas, vão surgindo ao longo dos anos.

Normalmente, começam quando a mulher alcança a 1ª ou a 2ª metade dos 40 anos, mas podem começar mais cedo por volta do fim dos 30 anos. Os períodos menstruais começam a ser irregulares até desaparecerem de vez. Em média, a mulher tem a sua última menstruação por volta dos 50 anos. Durante a menopausa o seu corpo habitua-se a níveis hormonais mais baixos. Mas, o que são hormonas e qual a sua importância antes de se atingir a menopausa?

A importância das hormonas

As hormonas são substâncias especiais que regulam o modo de funcionamento do nosso corpo. Os ovários produzem hormonas femininas, estrogénios, responsáveis pela mudança da fase da adolescência para a fase adulta. Disto consta o desenvolvimento mamário e as "formas" femininas. Os estrogénios também estimulam os órgãos reprodutivos a crescer e a amadurecer de modo a que a mulher possa ter filhos. Juntamente com a outra hormona dos ovários, a progesterona, são responsáveis pelas alterações do revestimento do útero durante o ciclo mensal.

Um óvulo é libertado todos os meses de um dos ovários e se a mulher for fértil instala-se no útero e transformar-se-á num feto. Se a gravidez não ocorrer, o revestimento do útero desprende-se e aparecerá o período mensal (menstruação).

Ao aproximar-se da menopausa, a produção de hormonas pelos ovários começa a abrandar e em poucos meses não é libertado qualquer óvulo. Esta situação muitas vezes resulta em períodos menstruais irregulares, uma vez que o revestimento do útero não está completo nem regular como normalmente. Poucas vezes acontece que a mulher não note diferenças até que as menstruações desapareçam de vez e que a menopausa se instale.

Mesmo quando a mulher pensa que deixou de ser menstruada, deve tomar medidas contraceptivas de precaução por mais algum tempo, pois é provável que as suas menstruações estejam apenas a ser irregulares.

Sintomas da mudança da idade

Durante a idade jovem, o corpo da mulher está habituado a elevados níveis de circulação de estrogénios. Quando a mulher se aproxima da menopausa e os ovários baixam a produção de hormonas, pode levar algum tempo até que o corpo se adapte. A perda de estrogénios tem um efeito permanente. As mulheres podem ter sintomas que são a consequência desta mudança de elevado nível de estrogénios para níveis mais baixos. Alguns destes sintomas podem ter início enquanto a mulher ainda é menstruada.

Há outras alterações que se desenvolvem ao longo do tempo e podem ser notadas só após anos de suspensão dos períodos menstruais. Os primeiros sintomas (juntamente com as mudanças menstruais já mencionadas) começam quase sempre muito antes dos períodos cessarem e normalmente tomam-se mais evidentes depois destes terem parado, podendo continuar durante alguns anos. Os mais comuns são os afrontamentos e os suores, os quais poderão ser muito incomodativos. Os suores quentes espalham-se pelo tórax, pescoço e face (que também ficam vermelhos). Estes afrontamentos, à noite, podem conduzir a um sono perturbado. Enquanto algumas mulheres têm a sorte de nunca terem afrontamentos, outras sentem-nos várias vezes por dia.

Algumas mulheres queixam-se de dores de cabeça, palpitações e cansaço excessivo. Isto pode ser agravado pelas noites perturbadas causadas pelos afrontamentos. Muitos destes sintomas actuam entre si, podendo uns piorarem os outros sendo particularmente verdade quanto às alterações emocionais, incluindo irritabilidade, depressão, perda de concentração.A somar a estes sintomas e tomando-os mais difíceis há as situações de stresse emocional provocadas talvez porque os filhos cresceram e saíram de casa bem como o reconhecimento de que já não podem ter mais filhos, ou o aparecimento de doenças, litígios familiares, acidentes, etc.

Em contraste com as mudanças de "curto-prazo" que ocorrem normalmente em anos antes e outros depois da menopausa, as mudanças de "longo-prazo" só são visivelmente notadas numa idade mais tardia, uma vez que resultam de um longo tempo de falta de estrogénios que tendem a progredir também com o avanço de idade.

As partes do corpo que são afectadas pelas deficiências dos estrogénios incluem:

O útero - O útero que agora já não é necessário para a reprodução começa a diminuir.

A vagina - A vagina diminui, estreita-se e perde elasticidade. O revestimento toma-se fino e seco o que pode tornar o acto sexual doloroso. (Atrofia vaginal). No conjunto, pode ser causa de stresse emocional numa relação sexual.

A bexiga - Pode haver um enfraquecimento na abertura da bexiga, resultando na perda de urina (a baixa de estrogénios não é a causa mais comum desta situação) — incontinência urinária. Também o enfraquecimento dos músculos desta região, o qual ocorre depois da menopausa, contribui para esta situação clínica.

A pele - A aparência também é afectada. Muitas alterações são o resultado inevitável da idade mas a pele toma-se fina e seca, "perde" elasticidade. (Atrofia cutânea).


Osteoporose - Os estrogénios são particularmente importantes na manutenção dos ossos fortes. À medida que o nível de estrogénios cai, os ossos começam a ficar mais fracos e finos, mesmo antes da menopausa. Este processo é chamado osteoporose muitas mulheres sofrem uma redução na massa óssea, ficando mais expostas ao risco de fracturas.

Doenças do coração e vasos sanguíneos - Os estrogénios são importantes na protecção das mulheres jovens contra a deterioração dos vasos sanguíneos, a principal causa dos ataques cardíacos e acidentes vasculares cerebrais.

Hoje existem soluções naturais: Fitoestrogénios

Isoflavonas de soja - A soja (nome científico - Glycine Max), é uma leguminosa da família das papilionaceae. A planta desenvolve-se até atingir dois metros de altura ao fim do primeiro ano, existindo no meio selvagem mais de 1000 variedades diferentes. As isoflavonas têm uma estrutura similar à do estardiol produzido pelo corpo humano (fitoestrogénios). As isoflavonas são substâncias naturais existentes no grão de soja e produtos preparados a partir destes, sendo os mais importantes a daidzeína, genisteína e gliciteína, ajudam de forma natural à compensação dos níveis das hormonas na mulher em fase menopáusica. Os benefícios das isoflavonas de soja, em vários estudos revelam a eficácia T.H.S. (terapia hormonal de substituição).

O que faz o Menocare:
- Menopausa: Alívio da sintomatologia; Afrontamentos, suores nocturnos, depressão e insónias.
- Osteoporose: Prevenção da perda óssea e recuperação.
- Doenças cardiovasculares: Diminuição dos riscos coronários pelas suas propriedades antioxidantes e diminuição dos níveis de colesterol elevado.

Menocare da Calêndula é rico em antioxidantes
Os radicais livres produzem-se no nosso organismo e, com os anos, podem produzir uma alteração genética sobre certas células, degenerando diversos tecidos e aumentando o risco de doenças, e reduzindo a funcionalidade de outras células, característica do envelhecimento. Ao danificar as células da nossa pele, os radicais livres provocam o envelhecimento, já que esta se torna seca e enrugada, e ao danificar os glóbulos brancos, vão debilitando o nosso sistema imunológico.

Os suplementos que proporcionam substâncias com acção antioxidante não nos garantem eterna saúde e juventude, mas está provado que neutralizam a acção nociva dos radicais livres, que contribuem para nos proteger das doenças cardiovasculares, da formação de tumores, que reforçam as nossas defesas e retardam o envelhecimento celular.

As principais substâncias antioxidantes naturais do Menocare:

Isoflavonas de soja - Vários estudos evidenciaram diversos mecanismos anti-tumorais das isoflavonas: bloqueio dos receptores de estrogénios em células sensíveis capazes de alterar o funcionamento hormonal induzindo mutações cancerígenas. Inibição da proliferação celular das células tumorais, bloqueio da acção dos factores crescimento, inibição da neo-angiogénese e indução da morte e diferenciação celular em células tumorais. Na diminuição dos riscos de doença coronária pelas suas propriedades antioxidantes, prevenção da oxidação das LDL (Lipoproteínas de baixa densidade – "mau colesterol"), e diminuição dos níveis de colesterol total.

Chá Verde - As propriedades terapêuticas, preventivas e curativas derivam, em grande parte, das substâncias antioxidantes presentes no chá verde, principalmente compostos designados de polifenóis (1 comprimido de Menocare contém 50% de polifenóis). Os antioxidantes do chá verde são elementos importantes, quer na prevenção, quer no tratamento complementar das mais variadas patologias humanas.

O chá verde foi considerado o melhor alimento na protecção do corpo humano contra os radicais livres, contém a mais importante catequina presente no chá verde, a epigalo-catequina-galato (EGCG). Os seus benefícios são notórios na prevenção e tratamento de problemas cardiovasculares, excesso de peso e atraso do processo de envelhecimento.

Outros antioxidantes presentes:

Vitaminas C, E, A e Zinco - Estas vitaminas completam a lista de ingredientes do Menocare, protegendo as células e as suas membranas, comprovando-se necessárias nas defesas do nosso organismo.

Vitamina D3 - Favorece a absorção e a fixação de cálcio nos ossos e retarda o processo de osteoporose e a redução na massa óssea. O colecalciferol regula as concentrações plasmáticas de cálcio e a sua absorção intestinal.

Magnésio - É outro mineral importante na manutenção da massa óssea. O magnésio participa na actividade enzimática que envolve o fornecimento de energia às células. Também permite uma melhoria da actividade muscular por diminuir os espasmos, relaxando a musculatura.

Os suplementos alimentares não devem ser utilizados como substitutos de um regime alimentar variado e equilibrado, bem como de um modo de vida saudável. Conservar em local seco, fresco e ao abrigo da luz. Manter fora do alcance das crianças. Não tomar em caso de hipersensibilidade a um dos componentes de cada produto. Não deverá exceder a toma diária recomendada. Os suplementos alimentares não são medicamentos. Em caso de dúvida, consulte o seu médico ou técnico de saúde.

Informação nutricional (por comprimido)
- Magnésio 100mg
- Vitamina C 45mg
- Vitamina B5 30mg
- Vitamina E 30mg
- Vitamina B3 20mg
- Soja (Isoflavonas 40%) 20mg
- Zinco 15,77mg
- Vitamina B1 10mg
- Vitamina B6 10mg
- Ferro 6mg
- Vitamina B2 5mg
- Cobre 1mg
- Vitamina A 0,75mg
- Manganês 0,5mg
- Vitamina B9 0,4mg
- Iodo 0,15mg
- Biotina 0,03mg
- Vitamina B12 0,009mg
- Selénio 100mcg
- Crómio 50mcg
- Vitamina D 5mcg
Ingredientes
Agentes de volume: Celulose microcristalina, Fosfato dicálcico; Óxido de magnésio;Gluconato de zinco; Acetato de DL alfa-tocoferol (Vit. E); Gluconato ferroso; Ácido L- ascórbico (Vit. C); D-pantotenato de cálcio (B5); Agentes de revestimento: Hidroxipropil- metilcelulose, Celulose microcristalina, Talco, Glicerol, Dióxido de titânio, Corante vermelho, Corante castanho; Isoflavonas de soja; Nicotinamida (Vit. B3); Antiaglomerante: Sais de magnésio de ácidos gordos; Cloridrato de piridoxina (Vit. B6); Cloridrato de tiamina (Vit. B1); Cianocobalamina (Vit. B12); Gluconato cúprico; Riboflavina (Vit. B2); Acetato de retinol (Vit.A); Gluconato de manganês; Colecalciferol (Vit.D); Picolinato de crómio; Ácido pterolimonoglutâmico (B9); D-biotina; Selenito de sódio; Iodeto de potássio.
Apresentação e uso recomendado

Uso recomendado: Tomar 1 comprimido ao almoço, acompanhado com um copo de água.

Apresentação: 3 Embalagens com 30 comprimidos, cada.

Produtos relacionados
Artigos relacionados
Menopausa - Passe por ela saudavelmente!

Mulheres

Durante a menopausa a vida da mulher é marcada por alterações hormonais, as quais são o anúncio do fim do seu ciclo menstrual e, consequentemente, da capacidade reprodutiva.
Muitas outras alterações afectam as mulheres neste período, trazendo, por vezes, consequências nefastas.
Todavia, é possível contornar e minorar estes efeitos. Para tal, siga os nossos conselhos!

Opiniões e comentários
Adicionar novo comentário

Faça Login ou Registe-se para poder comentar.

Mais Vistos
Mais Vendidos
Absorgás Adelga Alpha Antonio Banderas Arkoampolas Arkocápsulas Arkoreal ArkovoX
BioActivo / Pharma Nord Bioenergol Bio-Hera BioLimão Bliss Natura Calêndula Cerebrum Clearblue
Colagénius Darphin Paris Depuralina DietMed Durex EcoNutraceuticos Emagril Extreme Force GoldNutrition
Farmodiética Fharmonat FOLD GeroVital H3 Derma+ GeroVital H3 Evolution GoldNutrition GoldNutrition Clinical GoldNutrition Slim
Kaminomoto Kyolic Libidium Lotto MESAboardgames Natiris NATURALIA NourKrin
Novity Now Foods Nutratec Nutreov Nutridil Nutriflor Obesimed Oh Yeahh
Paleobull Pau de Cabinda PhytoGold Price Q. I. Remescar Seca Barriga Sexual Power
Shakira Solgar Somatoline Cosmetic Star Balm Tangle Teezer Trimgel Viamax Virya
VitaSil White Kiss Woman Collection by GoldNutrition

Local de Venda de Medicamentos Não sujeitos a Receita Médica autorizado a disponibilizar medicamentos através da Internet pelo Infarmed I.P. Licenciamento no Infarmed nº 007/2010.

INFARMED - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P.
Parque de Saúde de Lisboa - Avenida do Brasil, 53
1749-004 Lisboa - Portugal
Telef: +351 217987100
E-mail: infarmed@infarmed.pt

Em caso de litígio, o consumidor pode recorrer a uma Entidade de Resolução Alternativa de Litígios de Consumo: Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa em www.centroarbitragemlisboa.pt. Mais informações em Portal do Consumidor www.consumidor.pt.

 Ligue-nos

Contactos:
Morada da loja:
Rua dos Bem Lembrados, N.º 141
Manique
2645-471 ALCABIDECHE (CASCAIS)

Telefone:
(+351) 21 444 9670
Horas úteis: das 9 às 18 horas

E-mails:
sugestoes@enetural.pt
informacoes@enetural.pt
encomendas@enetural.pt