Portes Grátis para compras superiores a 25€. 

 ENC > 25€ = PORTES GRÁTIS 

Este website usa cookies de acordo com a política em vigor. Ao continuar a navegação está a aceitar a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa política de cookies. X

Os Probióticos

Há milhares de anos que os leites fermentados contendo bactérias ácido-lácticas têm vindo a ser consumidos em muitas regiões do mundo. E, há mais de um século, que o seu efeito benéfico para a saúde tem sido objecto de extensa investigação pela comunidade científica, fornecendo evidência de que alguns destes microrganismos apresentam interessantes propriedades de promoção da saúde – probióticos.

Os Probióticos

O conceito de probiótico existe há cerca de 100 anos, no entanto, o seu impacto na nutrição humana ainda é um conceito emergente e algo que precisa de ser melhor estudado. No caso das culturas microbianas têm sido usadas, pelo menos, nos últimos 4500 anos, na preparação de bebidas alcoólicas e de alimentos fermentados. Sendo que a primeira abordagem científica dos efeitos benéficos dos probióticos foi desenvolvida no ano 1900, por Metchnikoff, e o interesse, renovado em 1935, após terem sido desenvolvidos alguns estudos acerca da obstipação (uma área, cuja investigação aumentou, significativamente, desde os anos 50 a esta parte).

Um probiótico, de acordo com a definição geralmente aceite, é “um microrganismo vivo que pode funcionar como suplemento alimentar, e que afecta de forma benéfica o animal hospedeiro, ao incrementar o seu equilíbrio intestinal em termos de microflora (conjunto de microrganismos vivos do intestino)”. Trata-se, então, de um organismo microbiano vivo que é, ao mesmo tempo, ingrediente de um alimento e que, no caso de ser ingerido em quantidades suficientes e com determinada regularidade, exerce efeitos positivos sobre a saúde do consumidor.

Impacto na saúde do consumidor
A maioria dos probióticos consumidos são-no sob a forma de produtos lácteos que contêm determinadas estirpes de Lactobacillus, como o Lactobacillus casei imunitass ou as bifidobactérias. Está implícito na definição que os probióticos afectam a composição da flora microbiana intestinal. Este efeito no ecossistema intestinal, proposto pela investigação científica desenvolvida em torno dos probióticos, tem, de alguma forma, um impacto positivo na saúde do consumidor.

De forma algo surpreendente, apesar da impressionante lista de possíveis efeitos preventivos e terapêuticos, os probióticos não são de utilização comum na prática médica habitual. Em vez disso, são disponibilizados em lojas e supermercados de bens alimentares ou em lojas que comercializam produtos com efeitos supostamente benéficos para a saúde.

Apenas uma muito reduzida percentagem de microrganismos podem ser considerados probióticos. Entre os critérios de selecção mais importantes, estão a não toxicidade e serem considerados não patogénicos (prejudiciais), além de lhes ser exigido terem a capacidade de sobreviver durante a permanência no estômago e no intestino. O enorme potencial dos probióticos só pode ser totalmente explorado quando a sua utilização for mais generalizada já que, inclusivamente, enquanto a sua utilização for limitada, muitos dos seus efeitos positivos podem passar despercebidos.

Sucesso dos probióticos
O sucesso dos probióticos baseia-se em ideias dos consumidores que acreditam que estes podem ser bons para a saúde, embora a maioria não entenda o significado dos efeitos do L. casei ou do bifidus.... Muitos dos consumidores optam por estes produtos porque apreciam bastante as suas propriedades organolépticas (cheiro, sabor, cor...) e reológicas (elasticidade, viscosidade...).

E, na verdade, a microflora intestinal é um importante componente das defesas do indivíduo. A suplementação alimentar com probióticos parece compor a composição da microflora intestinal e potenciar as defesas do organismo, inicialmente por prevenção da colonização por organismos patogénicos e, por via indirecta, como adjuvante da estimulação das defesas inatas e adquiridas.

Os Probióticos e a Forma Física
A forma ou fitness  é normalmente definida com base em indicadores ou atributos físicos internos – qual a nossa aparência exterior. Muitas vezes, não pensamos sobre qual será o nosso interior. A forma e o bem-estar devem ser mantidos, tanto exterior, como interiormente.  Podemos controlar ou melhorar o nosso aspecto exterior com actividade e exercício. A forma e o fitness interno podem ser regulados com a ajuda dos probióticos.

Consumidos enquanto ingredientes de determinado tipo de alimentos, estes microrganismos vivos, semelhantes aos encontrados no iogurte, contribuem para a saúde e o equilíbrio do tubo digestivo. Os europeus já conhecem estes efeitos dos probióticos há mais de 100 anos. Alguns probióticos de última geração, como o Lactobacillus casei, podem ajudar a manter e restaurar um equilíbrio saudável do tubo digestivo e, podem mesmo, ajudar a promover as defesas  naturais do organismo. Existem já milhões de pessoas que consomem produtos lácteos, enriquecidos em probióticos, considerados alimentos funcionais.

O que é que os probióticos podem fazer por si?
Consumidos de forma regular, os probióticos podem reduzir a importância das bactérias patogénicas (“más”) e promover os microrganismos com efeitos positivos (“boas”), algo que é importante para manter uma boa saúde, no geral, e um tubo digestivo mais saudável, em particular. Também podem fornecer um número interessante de bactérias boas que estimulam o sistema imune, que protege as pessoas de doenças e agressões. A grande questão é que é importante manter uma boa saúde digestiva, e os probióticos podem, e devem, ser parte de uma rotina diária para manter a forma.

Estima-se que, mais de metade das pessoas apresentam algum tipo de problema gastrointestinal e, se, na verdade, se quer manter tão saudável no interior quanto no exterior, se está preocupado com as diarreias dos viajantes, infecções virais, se toma antibióticos, se tem uma alimentação pouco variada, graças ao stresse ou outras dificuldades que podem afectar a saúde do seu tubo digestivo, deve aprender mais acerca dos probióticos.

Resultados de estudos de investigação têm vindo a demonstrar a provável existência de efeitos benéficos nas defesas naturais do organismo, de determinadas estirpes de microrganismos (bactérias ácido lácticas), nomeadamente do Lactobacillus casei.

Os probióticos têm vindo a ser desenvolvidos cientificamente a partir de cuidadosa selecção de determinadas culturas bacterianas vivas. Alguns destes produtos caracterizam-se por conterem as duas culturas bacterianas clássicas: Lactobacillus bulgaricus e Streptococcus termophilus, mais a adição do importante Lactobacillus casei.

Um alimento adequado para toda a família
Os estudos relativos ao L. casei demonstram que este tipo de probiótico reduz a frequência de diarreia em crianças e aumenta o número de Lactobacilli no intestino, o que é reconhecido como positivo. Estudos também realizados em animais e em seres humanos, sugerem que o consumo de L. casei imunitass produz um fortalecimento das defesas naturais.

O principal resultado na melhoria das defesas naturais assenta na diminuição do risco e/ou, numa recuperação mais rápida das infecções intestinais. No fundo, a maioria dos estudos sugerem que o Lactobacillus casei pode melhorar ou contribuir para reforçar os vários mecanismos de defesas do indivíduo.

Os probióticos e, em particular, o L. Casei, são um alimento adequado para toda a família, com destaque para as crianças, a grávida, os desportistas e os idosos e podem contribuir positivamente para uma alimentação mais saudável. O efeito, como depende da regularidade e da dose, assenta no consumo diário de uma embalagens de mercado disponíveis.

Características do microrganismo probiótico
Para poder ser considerado um probiótico, um microrganismo deve ter as seguintes características:
- Pertencer ao grupo dos alimentos (ser comestível);
- Assumir a forma de células vivas, preferencialmente em grandes quantidades, antes da ingestão;
- Ser estável e manter-se viável durante a vida de prateleira do produto;
- Ter efeitos benéficos na saúde do indivíduo.

Além disso, estas propriedades devem poder ser conservadas no alimento que constitui o “veículo probiótico”, isto é, o alimento no qual estes microrganismos são introduzidos.

Benefícios dos probióticos
Um número importante de acções favoráveis destes microrganismos têm sido descritas, nomeadamente:
- Aumento da resistência às infecções, particularmente do intestino;
- Redução da intolerância à lactose e flatulência (gases intestinais);
- Efeitos positivos em termos de doença hepática alcoólica;
- Redução da produção de carcinogénios e de co-carcinogénios;
- Diminuição da duração e gravidade das diarreias;
- Redução da pressão arterial;
- Redução do colesterol;
- Redução das alergias;
- Regressão de tumores;
- Estímulo da imunidade (aumento da fagocitose por leucócitos periféricos; modulação da produção de citoquinas, efeito adjuvante);
- Redução da obstipação

Efeitos do Lactobacillus casei
Os efeitos observáveis em termos de defesas naturais deste produto - Lactobacillus casei - parecem ser devidos a três tipos de actividades, nomeadamente através de:
- Acção sobre a flora microbiana do intestino;
- Acção sobre a mucosa intestinal (parede que reveste o interior do intestino);
- Acção sobre o sistema imunitário.
 

Produtos Relacionados
Mais Vistos
Mais Vendidos
Absorgás Air-Lift Alpha Antonio Banderas Arkoampolas Arkocápsulas Arkoreal ArkovoX
BioCeutica Bioenergol Bio-Hera BioLimão Bliss Natura Calêndula Cerebrum Clearblue
Depuralina DietMed Durex EcoNutraceuticos Emagril Extreme Force GoldNutrition Farmodiética Fharmonat
FOLD GeroVital H3 Derma+ GeroVital H3 Evolution GoldNutrition GoldNutrition Clinical GoldNutrition Slim Good'N Natural Kaminomoto
Kyolic Lehning Libidium Lotto Natiris NATURALIA NourKrin Novity
Now Foods Nutratec Nutreov Nutridil Nutriflor Obesimed Paleobull Pau de Cabinda
Pharma Nord PhytoGold Price Q. I. Remescar Seca Barriga Sexual Power Shakira
Solgar Somatoline Cosmetic StaminaFit Star Balm Tangle Teezer Tonosol Trimgel Viamax
Virya VitaSil White Kiss Woman Collection by GoldNutrition Yotuel

Local de Venda de Medicamentos Não sujeitos a Receita Médica autorizado a disponibilizar medicamentos através da Internet pelo Infarmed I.P. Licenciamento no Infarmed nº 007/2010.

INFARMED - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P.
Parque de Saúde de Lisboa - Avenida do Brasil, 53
1749-004 Lisboa - Portugal
Telef: +351 217987100
E-mail: infarmed@infarmed.pt

Em caso de litígio, o consumidor pode recorrer a uma Entidade de Resolução Alternativa de Litígios de Consumo: Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa em www.centroarbitragemlisboa.pt. Mais informações em Portal do Consumidor www.consumidor.pt.

 Ligue-nos

Contactos:
Morada da loja:
Rua dos Bem Lembrados, N.º 141
Manique
2645-471 ALCABIDECHE (CASCAIS)

Telefone:
(+351) 21 444 9670
Horas úteis: das 9 às 18 horas

E-mails:
sugestoes@enetural.pt
informacoes@enetural.pt
encomendas@enetural.pt